Pular para o conteúdo

Fux frustra o 2º golpe de Heleno

by em 16 de setembro de 2021

Fux e os demais ministros do Supremo com os quais trocou ideias, em especial Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, agiram como um verdadeiro Estado Maior

A cândida (?) ingenuidade do GDF (como tratam em Brasília o governo do Distrito Federal) não pegou o presidente do Supremo, Luiz Fux, desprevenido. Fux, praticante de jiu-jitsu desde os 26 anos, quando, instado por colegas do curso de Direito na PUC-Rio, ao contar o roubo de um relógio na praia, enquanto mergulhava no mar, recorreu à arte da defesa pessoal e, com os amigos, que já treinavam em academia, surpreenderam e imobilizaram o grupo de gatunos num outro dia e recuperaram o relógio. Ao longo de quase meio século atuando nos quadros da Justiça, Luiz Fux passou também a praticar a arte da “defesa institucional”. No começo da semana, sentindo as pesadas nuvens (não de chuva que precisam cair no Planalto Central para recuperar gramados e a vazão das nascentes e rios que alimentam os lagos das usinas hidroelétricas do Centro Oeste e Sudeste) que pairavam no ambiente político, ele advertiu autoridades militares para o que poderia acontecer.

Fux e os demais ministros do Supremo com os quais trocou ideias, em especial Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, agiram como um verdadeiro Estado Maior, unindo as informações recolhidas por fontes próprias, incluindo a imprensa, já que órgãos de informação do governo, a começar pela Polícia Federal e a Agência Brasileira de Informação (Abin) há muito foram instrumentalizadas por Jair Bolsonaro. Havia o cuidado de não vazar preocupações com interlocutores pouco confiáveis. Era sabido que desde sexta-feira (3 de dezembro) os hotéis de Brasília foram sendo tomados – especialmente os mais baratos. Isso indicou o deslocamento antecipado de número razoável de pessoas com alguma capacidade financeira – ou contempladas com algum suporte. No dia 6, quase todos os hotéis mais baratos de Brasília estavam lotados. A partir das 12h, a PM do Distrito Federal iniciou os planos de isolamento da região central da cidade (a Esplanada dos Ministérios) como parte do plano de segurança que é imposto compulsoriamente em dia de manifestações.

Tão logo soube da primeira invasão da Esplanada, por caminhões pesados, sob a resistência passiva da PM, o presidente do STF telefonou ao general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, comandante do Exército, a principal força armada do país e com o maior contingente em Brasília. Fux narrou a situação e disse que se a sede do tribunal fosse alvo de vândalos, pediria oficialmente ao presidente Jair Bolsonaro o emprego das Forças Armadas numa operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no DF. Ao fazer isso, Fux instou o Exército a não ficar alheio à situação. Qualquer dos três Poderes da República pode pedir uma operação dessa natureza, mas ela só é deflagrada se o presidente da República autorizar. Antes de fazê-lo, o presidente consulta os ministros da Defesa (general Braga Neto) e do Gabinete de Segurança Institucional (general Augusto Heleno). Assim, alertado por Luiz Fux, o general Paulo Sérgio ordenou ao general Rui Yutaka Matsuda, responsável pelo Comando Militar do Planalto, para que entrasse em contato com o presidente do Supremo. Enquanto isso, Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, sem conseguir falar com Ibaneis (o telefone não atendia) ligaram para Gustavo Rocha, chefe da Casa Civil do governo do Distrito Federal. Evitaram ligar para Júlio Danilo Souza Ferreira, o secretário de Segurança Pública, delegado da PF. Ferreira é próximo a Anderson Torres, ministro da Justiça, dos mais fiéis servidores de Bolsonaro.

Rocha garantiu a Gilmar e a Alexandre que tomaria providências para reforçar a segurança do prédio do tribunal. De fato, a Polícia Militar montou nova barreira na Esplanada à altura do prédio do Itamaraty. Dali ninguém passaria, como não passou. Com o apoio do Exército, a arma mais poderosa das Forças Armadas, os ministros do STF estavam convencidos de que não haveria golpe, sequer um ensaio de golpe. Mas se bolsonaristas armados, militares da reserva e policiais tentassem algo parecido? A madrugada foi de extraordinária tensão, e não só para os ministros do Supremo. A tensão diminuiu, quinta-feira, 8, mas não se evaporou. A Esplanada continuou interditada porque bolsonaristas se recusaram a sair com cerca de 40 veículos. De cima de um carro de som, sucediam-se oradores renovando a ameaça de invasão do prédio do Supremo para agredir os ministros que encontrassem. O governo do Distrito Federal poderia multá-los, prendê-los e rebocar os veículos. Nada fez.

Fonte: Fux frustra o 2º golpe de Heleno

From → Uncategorized

Deixe um comentário

O que você achou da matéria desse post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Leonardo Boff

O site recolhe artigos e a obra do teólogo, filósofo, escritor e professor Leonardo Boff

ALÔ BRASIL

O caminho para sua salvação é saber a verdade..

radio o proletário

Comuna Libertária - Palavra Libertária

Guerra & Armas

Defesa, Geopolítica, Informação e Opinião.

bule13verde

Comunicação Livre. Midiativismo

Política em Imagens

Baseado em imagens do www.facebook.com/poserra

andradetalis

Jornalismo se faz com coragem e sonho

educação ou barbárie

focado nas questões do conhecimento humano e destino da soiedade

The Human Rights Warrior

"There is some good in this world...and it's worth fighting for." ~ J.R.R. Tolkien

Diálogos Políticos

Você sempre bem informado(a)

Pátria grande

“Patria es humanidad, es aquella porción de humanidad que vemos más de cerca y en que nos tocó nacer” José Martí

Blog do Tarso

Direito Administrativo, Estado, Administração Pública e Terceiro Setor

bloglimpinhoecheiroso

O Limpinho & Cheiroso é um blog independente e transparente, que tem a pretensão de replicar as principais notícias publicadas em sítios confiáveis, além de dar seus pitacos.

rsurgente

Marco Aurélio Weissheimer

Noticias da TV Brasileira, Site de TV

Noticias da TV Brasileira, Site de TV

Blog do Renato

Um espaço de debates sobre o Brasil

EVS NOTÍCIAS

" EU GOSTO DOS QUE TEM FOME , DOS QUE ARDEM DE DESEJOS ...".

ednoaraujo2008

4 out of 5 dentists recommend this WordPress.com site

%d blogueiros gostam disto: